StartUp: Conheça definição, características e detalhes!

(Imagem: Pixabay/Reprodução)

Existem algumas características que diferenciam as startups de negócios comuns, elas negócios de alto risco, geralmente envolvendo ideias de inovação.

A mais evidente característica é o grande potencial de crescimento x investimento inicial.

As pequenas empresas só começaram a se chamar de “startup” depois que o termo se popularizou a partir de 1990 que foi usado para designar empresas recém-criadas e rentáveis.

O conceito de uma startup é: uma empresa nova, até mesmo embrionária ou ainda em fase de constituição, que conta com projetos promissores, ligados à pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras, de uma forma ampla com grande potencial de negócios e evolução.

Há um outro conceito, que é bem atual, que parece agradar a diversos especialistas e investidores: Uma startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza.

Isso sem mencionar uma dose de paciência até que os negócios entrem nos eixos.

Algumas características que fazem uma empresa ser considerada uma Startup

– A empresa se arrisca, há duvidas se ira dar certo;

– Ser adptavel, crescer mais, sem que isso influencie no modelo de negócios;

– Tentam lançar e inovar sempre;

– Crescer em receita, com custos baixos. Isso fará com que a margem seja cada vez maior, acumulando lucros.

Uma coisa que todos podemos concordar: o principal atributo de uma startup é sua capacidade de crescer. Como Graham  explica , uma startup é uma empresa projetada para escalar muito rapidamente.

É esse foco no crescimento sem restrições geográficas que diferencia startups de pequenas empresas. Um restaurante em uma cidade não é uma startup, nem uma franquia é uma startup.

Fundadores e fundadoras de StartUps

O fundador da startup frequentemente lidera o desenvolvimento do produto e atua como líder de negócios da organização. Ele ou ela muitas vezes se concentra em escalar a empresa antes de obter lucro.

O Facebook não teve lucro até 2009, cinco anos depois que Mark Zuckerberg fundou a empresa enquanto estudava na Universidade de Harvard.

Como resultado, o valor atribuído a uma partida não corresponde necessariamente à receita real gerada durante esses primeiros anos.

Em vez disso, os líderes e investidores da empresa podem considerar o valor potencial da empresa com base nos lucros que ela pretende gerar. Startups que têm um valor de US $ 1 bilhão ou mais são chamadas de unicórnios .

Alguns fundadores inicializam suas jovens empresas usando seus próprios ativos financeiros – sejam de sua propriedade ou emprestados – para financiar as operações diárias da empresa.

Outros se voltam para os investidores-anjos quando começam, e depois para os capitalistas de risco .

Muitos trabalham em incubadoras – espaços de trabalho e escritórios que são financeiramente apoiados por organizações sem fins lucrativos ou governamentais, bem como outras instituições comprometidas com o crescimento desses tipos de negócios.

Como tal, essas entidades de suporte frequentemente fornecem líderes empresariais experientes e empreendedores de sucesso para orientar os líderes de startups.

 

Tags:

Deixe seu comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *