Bill Gates, foi eleito o homem mais admirado do mundo

(Imagem: Wikimedia/Reprodução)

O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, foi nomeado em uma pesquisa anual como o homem mais admirado do mundo.

Ele derrotou o ex-presidente dos EUA Barack Obama, o artista marcial e ator Jackie Chan e o presidente chinês Xi Jinping pelo primeiro lugar, embora isso possa levar alguns a concluir que o mundo tem critérios bastante divididos para admiração.

A pesquisa foi baseada nas opiniões de mais de 37.000 pessoas em 35 países, ela vem via YouGov, uma empresa de pesquisa de mercado e análise de dados baseada em Londres.

Na seção masculina, o presidente Russo Vladimir Putin ficou em sexto lugar, enquanto o presidente dos EUA, Donald Trump, ficou em décimo sétimo lugar. Isso representou no entanto, um aumento de um ponto para Trump desde o ano passado.

Na seção feminina Angelina Jolie saiu no topo, como fez nos três anos desde que o YouGov dividiu votação em categorias separadas masculinas e femininas. (Gates também saiu no topo dos três anos).

Logo atrás de Jolie, a admiração recaiu sobre a ex primeira dama Michelle Obama, a celebridade geral Oprah Winfrey e a rainha Elizabeth.

Estrelas em ascensão incluem a atriz Emma Watson, que se mudou do 13º para o sexto lugar, e a cantora Taylor Swift, que se mudou do 14º para o 9º lugar.

Quanto a Gates, não é que ele seja universalmente o mais admirado. Nos Estados Unidos, por exemplo, Barack Obama liderou a pesquisa a alguma distância, com Trump em segundo lugar, o recentemente falecido evangelista Billy Graham em terceiro e o Papa Francis em quarto lugar.

De fato, o co-fundador da Microsoft foi apenas o mais admirado em seis países, ao contrário dos 19 países de Obama. O ex-presidente, no entanto, não é tão admirado na China e na Rússia, o que derrubou sua posição, enquanto Gates apareceu perto do topo em todo o mundo.

A Fundação Bill e Melinda Gates não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre seu triunfo.

É claro, alguém se pergunta quem pode se tornar o próximo líder técnico a incitar a admiração do mundo.

Certamente o caminho está definido para o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg.

Ele começou uma empresa de tecnologia conhecida por suas formas implacáveis, ele está enfrentando problemas regulatórios e ganhou bilhões de dólares, agora ele está muito interessado no campo filantrópico.

Deixe seu comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *